Informações nos links a baixo

Regulamento Amador MX Dirt Action 2019

07/10/2019


Regulamento:

Instrução normativa 25/2019.

Referência: Regulamento Particular do Campeonato Amador de Motocross Dirt Action 2019.

A LIVRE BRASIL (Liga Independente de Velocidade e Regularidade do Brasil), de acordo com a legislação desportiva em vigor no país e, usando das atribuições que lhe são conferidas pelo estatuto da entidade, estabelece o REGULAMENTO DE MODALIDADE E PARTICULAR para a prova do Campeonato Amador de Motocross Dirt Action 2019.

1 - DAS PROVAS:

1.1 - Categorias Campeonato Amador: 50cc A/50cc B/65cc/Junior/Nacional/ MXF/MX30/MX35/MX40/MX45 /MX50/MX55/MX2/MX1/MXOpen.

1.2 - Início das Inscrições: 10 de outubro de 2019.

1.3 – Serão aceitas inscrições de acordo com o regulamento de categorias e motocicletas dos pilotos, sempre respeitando a direção do evento e acesso a categorias superiores.

2 - DAS NORMAS GERAIS:

2.1 - A disputa deste campeonato será aberta a todos os pilotos, independentemente de suas origens ou entidades a que estejam filiados, federações ou ligas.

2.2 - Será o Código Desportivo LIVRE BRASIL, adotado nesta competição.

2.3 - Toda reclamação somente poderá ser analisada e considerada, quando efetuada por escrito, segundo normas e regulamento da LIVRE BRASIL, acompanhada da taxa correspondente, Taxa reclamação R$ 800,00.

2.4 - Será de total responsabilidade do piloto e seu representante legal, a conduta de qualquer membro da equipe, cabendo-lhe simultaneamente, as sanções previstas no regulamento.

3 - DA INSCRIÇÃO:

3.1 - A taxa de inscrição será de R$ 120,00, efetuadas na secretária de prova no sábado ou domingo da prova, podendo ter desconto nas inscrições feitas antecipadas. Em nenhum caso a inscrição será devolvida.

4 – DO CAMPEONATO AMADOR:

4.1 - O Campeonato contará com 01 etapa. Será declarado “Campeão” o piloto que vencer está corrida.

4.2 - As provas terão 15 minutos mais 02 voltas. (ou a critério da Direção de Prova quando necessário o aumento ou redução).

4.3 - No caso de gate com número reduzido de pilotos fica a critério da Direção de Prova o tempo e número de voltas, ou junção com outra categoria.

4.4 – Só terá direito a pontuação o piloto que completar 50% das voltas do Líder.

4.5 – Em caso de paralização da prova, ela apenas será válida se for paralisada após serem percorridos 50% do tempo determinado.

4.6 – O piloto que não LEVAR A BANDEIRADA DE CHEGADA e já tiver completado 50% da prova, terá a sua classificação alterada com perda de duas voltas.

5 - DA PREMIAÇÃO, PONTUAÇÃO.

5.1 - A pontuação segue o padrão da CBM

Uma classificação será afixada no local da prova 30 minutos após o seu término. Esta classificação torna-se definitiva após terem sido conhecidos os resultados das verificações técnicas, e não tenha havido qualquer reclamação apresentada pelos concorrentes.

5.2 – Só terá direito a pontuação o piloto que completar pelo menos 50% das voltas do Líder.

5.3 - Receberão troféus os 05 primeiros colocados de cada categoria por etapa.

6 - ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DAS CATEGORIAS:

Os pilotos poderão optar pelas categorias seguindo o seguinte critério:

50cc A

Motos de cross de 50cc 2 tempos e 100 4 tempos, modelo mini motos.

Pilotos de 06 a 08 anos, ano de nascimento 2011.

50cc B

Motos de cross de 50cc 2 tempos e 100 4 tempos, modelo mini motos.

Pilotos de 9 a 10 anos, ano de nascimento 2009.

65cc

Motos de cross de 65cc 2 tempos e 125 4 tempos, modelo mini motos.

Pilotos até 13 anos, ano de nascimento 2006.

Junior

Importadas 85cc até 105 2 tempos e 150cc até 170 4 tempos.

Pilotos até 16 anos masculino, ano de nascimento 2003. Feminino 18 anos nasc. 2001

MXF (Feminino)


Importadas 105 2 tempos e 150cc 4 tempos, a cima.

Pilotos Mulheres 15 anos a cima (ou a critério da organização)

Nacional


Motos Nacionais de livre preparação de motor.

Pilotos a partir de14 anos (ou a critério da organização)

MX 2


Motos importadas de 125/150cc 2 tempos, ou 250cc 4 tempos.

Pilotos a partir de16 anos (ou com autorização da organização)

MX 1


Motos importadas acima de 250cc 2 tempos, ou 450cc 4 tempos.

Pilotos a partir de 16 anos (ou a critério da organização).

MX 55


Motos importadas acima de 125cc 2 tempos, ou 250cc 4 tempos.

Pilotos nascidos até 1964 (inclusive)

MX 50

Motos importadas acima de 125cc 2 tempos, ou 250cc 4 tempos.

Pilotos nascidos até 1969 (inclusive)

MX 45

Motos importadas acima de 125cc 2 tempos, ou 250cc 4 tempos.

Pilotos nascidos até 1974 (inclusive)

MX 40

Motos importadas acima de 125cc 2 tempos, ou 250cc 4 tempos

Pilotos nascidos até 1979 (inclusive)

MX 35

Motos importadas acima de 125cc 2 tempos, ou 250cc 4 tempos.

Pilotos nascidos até 1984 (inclusive)

MX 30

Motos importadas acima de 125cc 2 tempos, ou 250cc 4 tempos.

Pilotos nascidos até 1989 (inclusive)

MX Open

Motos importadas acima de 125cc 2 tempos, ou 250cc 4 tempos.

Pilotos a partir de 16 anos (ou a critério da organização).

7- DAS DISPOSIÇÕES FINAIS: 6.1 – Não poderão disputar o Campeonato Amador, os pilotos ranqueados nacionalmente nas categorias MX 1 / MX 2 / MX Elite e os 10 primeiros colocados da categoria Nacional Pró do Campeonato Brasileiro de Motocross 2019 (Classificação BR-MX 2019). As categorias 50cc, 65cc, Junior, MXF e categorias Sênior por idade, estão livres deste critério, e são liberadas a pilotos com motos específicas e dentro do regulamento de idades.

6.2 – O piloto poderá participar de mais categorias desde que sua moto e idade estejam dentro do regulamento previsto para cada categoria.

O presente regulamento foi elaborado pelo Conselho Técnico Desportivo, e entrara em vigor na data de sua homologação, revogadas as disposições em contrário. As questões que gerarem duvida serão solucionadas pela comissão desportiva da prova.

Homologo o presente Regulamento para exercício a partir de 10 de outubro de 2019.

Diogo Sarto Ramos de Oliveira.

Diretor Técnico Desportivo

(Liga Independente de Velocidade e Regularidade do Brasil)